Portal Saúde - Conectando você com os Profissionais da Saúde

Saúde 08 de junho de 2020 Admin Alenda Digital

Ginecologia e Obstetrícia - Os principais problemas tratados com um ginecologista

A ginecologia e ginecologia literalmente significa “a ciência da mulher”, mas na medicina é a especialidade que trata de doenças do sistema reprodutor feminino, útero, vagina e ovários.

Ginecologia e Obstetrícia - Os principais problemas tratados com um ginecologista
  • Compartilhe esse Post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no WhatsApp

A ginecologia literalmente significa “a ciência da mulher”, mas na medicina é a especialidade que trata de doenças do sistema reprodutor feminino, útero, vagina e ovários. Quase todos ginecologistas atuais são também obstetras.

Os principais problemas tratados com um ginecologista são:

- Câncer dos órgãos reprodutivos incluindo ovários, tuba uterina, útero, vagina e vulva
Incontinência urinária;
- Amenorréia (ausência dos períodos menstruais);
- Dismenorréia (períodos menstruais dolorosos – cólicas);
- Infertilidade e fertilidade;
- Menorragia;
- Prolapso dos órgãos pélvicos;
- Cervicite / Corrimento / Infecção vaginal;
- Doença Inflamatória Pélvica;
- Cisto Ovariano;
- Mioma e outros

Ginecologia e obstetrícia é o nome de uma especialidade médica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina do Brasil.

Atualmente algumas doenças ginecológicas podem ser tratadas com o uso de laser:

- HPV (verrugas genitais – condiloma);
- Rejuvenescimento vaginal;
- Depilação a laser;
- Pólipo uterino;
- Ovario Policístico e outros

referências:

https://www.amato.com.br/especialidade/ginecologia-e-obstetricia/

Autora: Dra. Juliana Lelis Spirandeli Amato

Encontre o especialista certo em Ginecologia e Obstetrícia com especialidade devidamente registrada no Conselho Federal de Medicina  em nosso site:
https://www.portalsaude.com.br/especialidades/ginecologista-obstetrico

 

Admin Alenda Digital
Artigo publicado por

Admin Alenda Digital

Deixe um comentário